Browse By

Um festival que não se Mêda aos palmos

PartilharShare on Facebook62Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn4Share on Tumblr2

meda+-2016Depois de mais uma confirmação que nos deixa ainda com mais pica para ir ao Mêda+, tivemos de escrever sobre o pequeno grande festival que aposta só em música portuguesa.

Após a confirmação d´os Paus e d´os Orelha Negra, hoje foi altura de a organização confirmar uma pérola perdida da música portuguesa, os OIOAI, banda que está de regresso em 2016.

Mas comecemos pelo Mêda+. O ano passado estivemos lá, na 6ª edição, e a viagem de 300 e tal km pareceu pequena para um festival com tão boa onda, bandas, onda, pessoas, comida e bebida. Mas o melhor do menu do Mêda é talvez o campismo grátis e a piscina a 3 euros durante todo o festival. Ou então a Imperial a 1€! (no ano passado estava, contamos com o mesmo em 2016).

Este ano, o festival decorre de 28 a 30 de julho, 3 dias em que o concelho de Mêda se transforma num palco gigante de concertos de bandas portuguesas e poetry slam, entre outras atividades.  A organização conta que o line-up completo tenha 9 bandas e 3 dj´s.

O pequeno grande Mêda nasceu em 2010 da vontade dum grupo de jovens que quis dinamizar a humilde localidade no distrito da Guarda, apenas a 2 horas do Porto. Em 2015 foi memorável. Em 2016, memorável será e, certamente,  demonstrará, mais uma vez, que é possível fazer muito com pouco dinheiro e humildade. Let Mêda begin!

meda+-2016-1

 

PartilharShare on Facebook62Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn4Share on Tumblr2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *